Somos templos de Deus e Deus quer aí morar

871

Onde há amor e misericórdia, Deus aí está.

A vida é divina, vem de Deus, e cuidar do corpo é importante para a saúde. Mas, com a consciência da fé, não nos esqueçamos de que, nesta “casa” bem cuidada, Deus quer morar: Somos templos de Deus!

O egoísmo é destruidor. Quando voltados para nós mesmos, não percebemos suas consequências: Menores abandonados, corpos sofridos pela dor da fome e pela falta de recursos de toda a espécie, corpos mutilados pela guerra, farrapos humanos nas calçadas das avenidas, dos becos e recantos das grandes cidades. Talvez seja até nosso próprio vizinho. A ganância é antirreino, anticéu, anti-humana. Vi armas e soldados subalternos invadirem outro país em nome da paz, mas, jamais, eu e você vimos a invasão em terra alheia para matar a fome de irmãos e de irmãs.

A consciência cristã de que somos templos de Deus nos faz cuidar de nosso corpo, mas falta fé para quem pauta sua vida com o Evangelho de Cristo e se esquece: dos famintos do mundo, dos corpos esqueléticos pela falta de partilha do pão, dos jovens que se refugiam na escravidão das drogas e do traficante, dos Menores sofredores das ruas e praças…

Ah! Que bom cuidar do corpo. Mas é tão triste a vida que não se tornou partilha, amor e compaixão. É uma pena que ainda fazemos da religião um ato apenas pessoal, pois ainda não saímos o suficiente de nós mesmos para fazer do outro um irmão de verdade. Deus quer morar em meu irmão, e sou eu que tenho de abrir a “porta” para Ele entrar. Belo é nosso corpo como morada divina, mas é uma mansão onde mora uma alma que tem compaixão, amor, misericórdia, carregada de solidariedade e de perdão. Onde há amor e misericórdia, Deus aí está.

Pe. Ferdinando Macílio, C.SS.R.